terça-feira, Janeiro 27, 2009

John Updike (1932 - 2009)

>>> Em geral, as igrejas que visito demasiadas vezes durante os dias de semana têm, para mim, a mesma relação com Deus que os painéis de publicidade com a Coca-Cola: promovem a sede sem a satisfazer. <<<
J. U.
in A Month of Sundays (1975)

Morreu John Updike, o autor dos livros do 'Coelho' (mais precisamente Harry 'Rabbit' Angstrom), dois deles distinguidos com o Prémio Pulitzer (Rabbit Is Rich e Rabbit at Rest, respectivamente em 1982 e 1993) — nascido no dia 18 de Março de 1982, em Shillington, Pensilvânia, Updike faleceu hoje, 27 de Janeiro, num hospital de Beverly Farms, Massachussetts, vitimado por cancro nos pulmões.
Os seus temas poderão resumir-se em dois vectores por ele próprio nomeados: as "pequenas cidades americanas" e a "classe média protestante". Romances como The Centaur (1963), Couples (1968) ou The Witches de Eastwick (1984) transformaram-no numa referência muito popular, em especial dos leitores norte-americanos — o último foi adaptado ao cinema, em 1987, numa realização de George Miller, As Bruxas de Eastwick, com Jack Nicholson, Cher, Susan Sarandon e Michelle Pfeiffer nos principais papéis.
Porventura um dos seus romances mais atípicos é o fascinante Seek My Face (2002), sobre o diálogo de uma pintora com uma jornalista que a "obriga" a rever a sua vida. Depois disso, Updike publicou ainda os romances Villages (2004) e Terrorist (2006), este um espantoso retrato do pensamento de um potencial terrorista, e duas colectâneas de ensaios, Still Looking: Essays on American Art (2005) e Due Considerations: Essays and Criticism (2007). Vários dos seus títulos existem em edição portuguesa com chancela da Civilização. O seu derradeiro romance, The Widows of Eastwick (sequela das Bruxas) foi lançado em Outubro de 2008 pela Knopf/Random House.

>>> Obituário em The New York Times.
>>> John Updike entrevistado por Dwight Garner (
Salon).
>>> Colaborações de John Updike em
The New York Review of Books.