sábado, junho 17, 2017

John G. Avildsen (1935 - 2017)

Oscar de realização por ROCKY
— Los Angeles, 28 Março 1977
Será sempre lembrado como o realizador de Rocky (1976): John G. Avildsen não resistiu a um cancro no pâncreas, tendo falecido em Los Angeles, a 16 de Junho — contava 81 anos.
Iniciado na montagem e na produção em meados dos anos 60, Avildsen ficaria, provavelmente, apenas como um competente artesão, capaz de abordar os géneros mais diversos, em particular valorizando os seus actores; assim aconteceu em dois dos seus primeiros títulos como realizador: Joe (1970) e Sonhos do Passado (1973), protagonizados, respectivamente, por Peter Boyle e Jack Lemmon (este vencedor de um Oscar). Tudo mudou com Rocky, a parábola humanista do pugilista/herói, escrita e protagonizada por Sylvester Stallone — batendo, entre outros, Taxi Driver, o filme arrebatou três Oscars, nas categorias de melhor filme, melhor realizador (Avildsen) e melhor montagem (Richard Halsey e Scott Conrad).
Entre os títulos mais interessantes de Avildsen, incluem-se ainda, por exemplo, o thriller sobre as guerras do petróleo A Fórmula (1980), com Marlon Brando e George C. Scott, e a comédia Mas que Vizinhos (1981), com John Belushi e Dan Aykroyd. O seu nome está também ligado ao sucesso de The Karate Kid (entre nós chamado Momento de Verdade), tendo dirigido os primeiros três títulos, em 1984, 1986 e 1989. Ainda para 2017, está previsto o lançamento do documentário John G. Avildsen: King of the Underdogs, dirigido por Derek Wayne Johnson — eis a sua apresentação.

video
John G. Avildsen: King of the Underdogs (2017)

>>> Obituário no Variety.