quarta-feira, julho 27, 2016

Michelle Obama: "quem vai o ter o poder"

"(...) não se enganem: este mês de Novembro, quando formos votar, é isso que vamos decidir — não pelos Democratas ou Republicanos, não pela esquerda ou pela direita. Não, esta eleição, e todas as eleições, é sobre quem vai ter o poder para moldar as nossas crianças nos próximos quatro ou oito anos das suas vidas."
São palavras de Michelle Obama no seu discurso de apoio a Hillary Clinton, em Filaldéfia, na Convenção do Partido Democrata [video: discurso integral]. Eis uma exemplar lição de pedagogia política, enunciando um sistema de valores enraizados na vida comum e nas relações geracionais, não na mera descrição negativa de qualquer opositor (que, aliás, nem sequer foi nomeado). Este é o discurso de uma mulher que pode dizer: "(...) acordo todos os dias numa Casa que foi construída por escravos".